39% das cidades do CE batem meta de vacinação contra paralisia infantil

01/09/2015 17:13

Municípios que não cumpriram meta devem vacinar até 10 de setembro.
No Brasil, não casos da doença há 26 anos, segundo Ministério da Saúde.

Campanha de vacinação contra a paralisia infantil em Belém. (Foto: Reprodução/ TV Liberal)Campanha de vacinação contra a paralisia infantil
  (Foto: Reprodução/ TV Liberal)

No Ceará, 39% dos 184 municípios cumpriram a meta de vacinar 95% das crianças contra a paralisia até 31 de agosto, último dia da Campanha Nacional de Vacinação doMinistério da Saúde. De acordo com a Secretaria da Saúde do Ceará, outros 28 cidades (15,2%) vacinaram entre 90% e 94% do publico alvo, formado por crianças de 6 meses a menores de 5 anos

A Coordenação Estadual de Imunizações orienta os municípios que ainda não atingiram a meta de cobertura a continuarem vacinando e alimentando o sistema de informação do Programa Nacional de Imunizações (PNI), que permanece aberto até 10 de setembro. Em todo o Brasil e cobertura vacinal ficou em 72,30%; no Ceará, 76,2%.


Na Campanha Nacional de Multivacinação, também encerrada, 156.554 crianças de 0 a 5 anos incompletos foram levadas aos postos de vacinação dos municípios para atualizar a caderneta de saúde da criança. 

Desse total, 87.836 foram vacinadas e receberam 106.343 doses das vacinas oferecidas – pentavalente, pneumocócica 10 valente, meningocócica conjugada C, tríplice viral, tetraviral, DTP, hepatite B e rotavírus.
 
Há 26 anos nenhum caso de paralisia infantil é registrado no Brasil. Segundo o Ministério da Saúde, existe o risco da doença porque ainda há alguns países com registro de casos, onde a paralisia infantil é considerada endêmica, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS). Este ano, até o dia 16 de junho, foram registrados 28 casos da doença, sendo 25 no Paquistão e três no Afeganistão
.

FONTE(https://glo.bo/1hvqbvk)

Voltar